DICAS DE CAMPING 2

Já estou na segunda parte das dicas de camping, mas ainda não falei sobre o camping em si. No Brasil, talvez a maior parte dos campings esteja no litoral ou próximo à atrativos turísticos naturais, por exemplo, Foz do Iguaçu, ou Chapada da Diamantina. Também costuma haver campings próximos a Áreas de Preservação, como Parques Nacionais, Parques Estaduais, Reservas ecológicas, etc. Em sua grande parte são particulares (apesar de haver campings municipais e também dentro das unidades de preservação).

PREÇOS: Nos quase 10 anos de Revolteio acampando, posso afirmar que preço em geral varia de R$15 a R$35. Menos que que isso dificilmente encontramos e mais do que isso talvez já compense ficar em uma pousada. A não ser que o camping seja impecável, ou não tenha outra opção.

ESTRUTURA: A estrutura dos campings varia muito, mas a maioria tem área gramada, sombra, banheiros com chuveiro quente, cozinha comunitária (ou pelo menos um lugarzinho coberto que tenha pia ou tanque, mesa, churrasqueira e algum lugar para sentar), pontos de energia elétrica e luz.

DSC06863

Cozinha do Camping dos Cristais (Chapada dos Veadeiros-GO)

ATRATIVOS: Vale também avaliar o preço no caso de haver um atrativo no próprio camping, como uma cachoeira ou uma trilha.

BARULHO: Se você quer acampar para curtir a natureza, fazer amizades e conhecer novos lugares, provavelmente não vai querer um camping barulhento. Se possível, evite acampar em épocas de feriado, como réveillon e principalmente carnaval. Também verifique se o camping respeita o horário de silêncio e proíbe som automotivo. Campings familiares, em zona rural normalmente são mais tranquilos. Ah, sim, e principalmente, respeite para ser respeitado!

IMG_3104

Camping Quebra Anzol (São José da Barra-MG)

LOCAL PARA MONTAR A BARRACA: Procure um local plano (se for um pouco inclinado, deixe a parte mais alta onde ficará sua cabeça), e, se possível gramado. Também fique atento a raízes de árvores, pedras, galhos e formigueiros. Locais muito altos e desprotegidos podem ventar muito, enquanto locais muito baixos poderão empoçar água. Também escolha uma área sombreada, mas fique atento às condições da árvore, como galhos podres e frutas que poderão cair sobre a barraca. Uma boa dica é conversar com o dono do camping sobre o melhor local para montar a barraca. Também peça opinião para os outros campistas!

FOGUEIRA: É irresistível fazer uma fogueirinha à noite no camping e ficar vendo a lua, jogando conversa fora ou tocando violão. Antes de qualquer coisa, pergunte ao proprietário se pode fazer fogueira. Se sim, onde pode fazer? Se puder, mas não tiver um lugar específico, dê uma limpada no local, faça um círculo com pedras ou algo que limite o fogo (evite incêndios), e também fique atento se não há árvores ou barracas próximas. Antes de dormir, certifique-se que o fogo já está apagado, e deixe o local limpo ao ir embora!

IMG_2115

Camping do Dema (PETAR-SP)

CLIMA: Antes de viajar, esteja atento ao clima do local. Vai fazer frio à noite? Chove muito? Ou é calor? Tente se preparar o melhor possível para não passar perrengues. Isso não quer dizer que você tenha que levar todas as suas roupas. Uma boa dica é colocar suas roupas em uma fronha ou algum saco de pano e utilize como travesseiro à noite. É um objeto a menos para levar e em um camping ninguém vai se importar se suas roupas estiverem amassadas. Fique atento à chuva (conferiu a coluna d’água de sua barraca?), se necessário estique uma lona sobre sua barraca, isso ajudará tanto contra chuva quanto sol. Se chover muito e você estiver em um riacho, principalmente com canyons e partes altas nas margens, pode ser que ocorra uma tromba d’água. Se o rio começar a encher rapidamente, tente ir para um lugar alto e sólido.

IMG_4894

Barraca ancorada às pedras

DSC08831

Vento castigando as barracas em Analândia-SP

MONTANDO A BARRACA: Antes de qualquer coisa: Sua barraca é nova? Já usou ela alguma vez? Se ela ainda não foi montada, faça isso em sua casa ou em algum outro lugar antes de acampar. Isso lhe ajudará a se familiarizar com ela e também conferir se não há nada quebrado ou faltando. Lembre-se que no camping talvez você tenha que fazer isso na chuva, no vento ou com pouca luz. Se possível, faça durante o dia para não perder peças da barraca e também para enxergar o terreno e o local onde será montada. Estique todas as partes e amarre todos os pontos possíveis. Prenda todos os espeques (ferrinhos) no chão para que ela não voe nem sacuda em um temporal. Se não conseguir finca-los no chão, nada de pisar ou bater neles com pedras – vá mudando a posição até que entre no chão. Se mesmo assim não funcionar, amarre os cantos da barraca em pedras pesadas. Mesmo que o tempo esteja lindo, prenda todos os pontos da barraca, para garantir que depois você não tenha que fazer isso correndo. E é claro, antes de ir embora o ideal é limpar e secar a barraca com um pano, retirar tudo que está dentro e se possível deixa-la no sol para secar bem. Então só depois enrole-a e guarde. Se não for possível fazer isso no camping, chegue em casa e faça. Se a barraca for guardada úmida, vai mofar e provavelmente você terá que jogar ela fora!

DSC09164

Camping Municipal (Sapopema-PR)

NÃO SE ESQUEÇA: Corda (sempre útil), sacos plásticos (para lixo e embalar coisas), papel higiênico (alguns campings não tem), canivete multiuso, isqueiro, lanterna, repelente, protetor solar, kit de primeiros socorros e medicamentos. São alguns itens que não podem faltar !!!

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s