FURNAS E CAPITÓLIO/MG – OUT 2015

Já havíamos passado pela região do Lago de Furnas duas ou três vezes indo para outros lugares, e a cor da água daquele lago e os paredões de pedra da região sempre nos chamaram a atenção. Mas nunca paramos por lá. Até agora. Pegamos o feriado de 12 de outubro (em uma segunda-feira) e combinamos com meus dois primos de Ourinhos (e suas namoradas) para acampar por lá! Meus primos chegaram antes, na sexta e no sábado de manhã. Nós saímos de Bauru por volta das 13hs no sábado (depois do trabalho) e seguimos para lá, chegamos por volta das 18hs. Passamos por cima da Barragem de Furnas, e tiramos algumas fotos do lago. Meus primos já estavam hospedados no Camping Quebra Anzol, que fica às margens do rio de mesmo nome. Assim que chegamos no camping, levamos um susto. Tinha fila de carros para entrar no camping ! Como meus primos já estavam acampados, acabamos ficando por lá mesmo, mas confesso que nunca vi tanta barraca junta. Pagamos R$35 cada na diária. Tivemos trabalho para entrar e achar um lugar para estacionar.

 IMG_3102

Barragem de Furnas

IMG_3104 IMG_3110

Camping Quebra Anzol

A estrutura do camping em si não é ruim, tem banheiro com chuveiro quente, pontos de luz e tomadas, pias, e ao entrar, os campistas recebem saco de lixo e papel higiênico. Mas ficou claro que a estrutura do camping não suporta tanta gente. Os banheiros estavam imundos, pouca sombra e lugares planos para montar barracas, lixo por toda parte, muita gente ouvindo som alto, enfim, um caos. Mas a companhia dos primos estava boa, e aguentamos a bagunça do camping. Durante os três dias, só ficamos no camping para dormir e fazer as refeições. pelo menos o som alto parava às 22hs. Bom, mas vamos aos passeios, que valeram muito a pena !

Acordamos e tomamos café da manhã. Dali então, fomos ao famoso Paraíso Perdido, onde há um rio com poços e canyons (por sinal, é o mesmo rio do Camping Quebra Anzol). No local há uma lanchonete e restaurante, estacionamento e banheiros. A entrada é cara, R$35 por pessoa, mas no decorrer da trilha vimos que o local é bem limpo e cheio de monitores (e regras). Ah, sim, e o preço do camping por lá também é R$35 por pessoa, então para passar o dia e a noite, o valor fica R$70 por pessoa/dia (um absurdo para acampar !). O passeio do Paraíso Perdido é subir o leito do rio, todo de pedras São Tomé (aquelas amarelas, usadas em beira de piscina), passando por diversos lagos e quedas d’água. A água é muito transparente e cheia de peixes (e muito fria !)

   IMG_3138

Primeiro poço

IMG_3137

Leito do rio – Subindo para os outros poços

IMG_3148

Canyons

IMG_3153

Último poço

IMG_3182

Canário que vimos no caminho

Saímos de lá por volta das 13hs e fomos ao camping. Almoçamos, e, lá pelas 15hs saímos procurar mais passeios. Pegamos a estrada para Capitólio, e paramos no Restaurante do Turvo, onde ficam várias empresas que organizam passeios de lancha e balsa pelo Lago de Furnas, mas por causa do feriado, estava tudo lotado, nenhuma vaga para nenhum desses passeios. Os preços eram R$60 em lancha para até 6 pessoas (2hs de passeio com 4 paradas) e R$40 em balsa para cerca de 100 pessoas (3 ou 4 horas de passeio com 3 paradas). pena que nenhum tinha vaga !

IMG_3198

Estrada beirando a represa

Voltamos um pedaço da estrada, e já no final da tarde fomos conhecer a Lagoa Azul, que fica bem na beira da pista. Lá é cobrado R$20 por pessoa para visitação. São duas lagoas com cachoeiras, sendo que a última delas é na própria represa. Descemos uma trilha leve de uns 10 minutos e chegamos na lagoa. o interessante é que a primeira lagoa (de cima) é verde, e a segunda lagoa é azul (que é na represa). O local estava cheio de gente, e é uma das paradas das lanchas e balsas. Ficamos ali nadando cerda de 1 hora. O local é muito bonito !

IMG_3245

Vista das duas lagoas

  IMG_3231

Primeira cachoeira e lagoa

IMG_3219

Segunda queda

IMG_3215

Lagoa Azul – Na represa de Furnas

Depois da Lagoa Azul, já bem no final da tarde, voltando para o camping, ainda paramos na beira da estrada para ver os Canyons (grátis). É muito fácil de achar. A estrada passa ao lado, e sempre tem muitos carros parados no acostamento. Dali seguimos uma trilha fácil bem demarcada durante uns 10 minutos até a borda dos canyons. A vista de lá é sensacional ! A água da represa lá embaixo é azul muito forte, e contrasta com o cinza dos paredões e o verde das plantas. Deu até para ver umas lanchas lá embaixo. Só tome cuidado, pois não há nenhuma segurança na beirada dos penhascos (com mais de 50 metros de altura !).

 IMG_3247

Da estrada já é possível ver os Canyons

  IMG_3252

Canyons do Lago de Furnas

IMG_3261

Cachoeira no canyon

Voltamos ao camping e fizemos um churrasquinho em uma churrasqueira improvisada com pedras (rs). No dia seguinte, um dos meus primos e a namorada tiveram que voltar para casa. Então nós e meu outro primo e sua namorada começamos a descer o Rio Quebra Anzol, que fica dentro do camping e deságua no rio depois da represa (na parte da barragem). O rio do camping é muito legal, pois o leito e as margens são quase todos de pedra, o que deixa a água muito límpida e é possível ver até os peixes. Também nesse rio há vários poços para banho, cachoeiras e canyons. Seguimos ora por trilha, ora pelo leito do rio durante aproximadamente uma hora. A cada momento íamos vendo menos gente, até que estávamos só nós quatro na trilha e o som do camping graças a Deus foi ficando para trás !

IMG_3273

Perto do camping, muita gente

IMG_3277  IMG_3280

Cachoeiras e canyons

IMG_3290

Grandes lagos para banho

IMG_3301

Cachoeiras

IMG_3304

Cadê todo mundo ?

E conforme fomos chegando ao final do Rio Quebra Anzol, onde ela deságua na parte de baixo da barragem, a cor da água mudou para um azul esverdeado inexplicável. E o chão que até alguns metros atrás era de pedra, agora era areia. Parecia uma praiado Caribe, sei lá ! Andamos mais um pouco e conseguimos ver a barragem bem na nossa frente. E nesse ponto, o rio é bem raso, com aproximadamente meio metro de profundidade ! Sensacional ! Ficamos ali por mais de uma hora nadando e admirando a paisagem !

IMG_3315

As pedras foram diminuindo…

IMG_3312

… e a areia aparecendo !

  IMG_3328

Morro de pedra nas margens

IMG_3326

E a barragem bem à nossa frente !

Voltamos a trilha, almoçamos no camping, desmontamos tudo e voltamos para Bauru e Ourinhos !

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

Um comentário sobre “FURNAS E CAPITÓLIO/MG – OUT 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s