DICAS DE CAMPING 1

Para quem não está acostumado a acampar, camping é sinônimo de desconforto, pernilongos, frio, calor, coisas molhadas, barraca voando, tralhas intermináveis, dieta a base de miojo, etc… De fato, quem acampa passa ou já passou por muitas dessas situações, os famosos “perrengues”. Alguns aprendem com os perrengues, outros lêem, pesquisam e se preparam para não enfrentá-los. E às vezes passam por eles mesmo assim. Neste post, vou tentar esclarecer e orientar com o que eu souber (por pesquisas ou perrengues) para que você, leitor e leitora do Revolteio, aproveite o campismo com tudo o que esse estilo de vida oferece de melhor.

EQUIPAMENTOS:

   bota-finisterre-nomade

BOTAS PARA TREKKING: Mais duráveis e de fabricação mais rústica que calçados comuns, essas botas são as mais indicadas para a maioria dos trekkings, incluindo aqueles com um ou mais dias de duração. A maioria é produzida com couro com algum tratamento hidrorrepelente. O solado é resistente e protege contra as pedras da trilha. Os modelos com cano alto também protege o tornozelo contra torções e desníveis do terreno, especialmente se o usuário estiver carregando uma mochila pesada.

DICA 1: Não vá para a trilha com sua bota ou qualquer outro calçado novo. O ideal é usar o calçado durante um bom tempo antes de ir para uma trilha ou uma caminhada longa.

DICA 2: Também evite usar um calçado maior ou menor que o seu número.

ampliada-fogareiro-spark-azteq-em-uso

FOGAREIRO: Para quem curte qualquer tipo de esporte de aventura que exija um acampamento ou refeições em locais isolados (como trilha, bike, escalada, etc), em algum momento vai necessitar montar uma “cozinha” e o item principal será o fogareiro. O tipo portátil é ideal para mochileiros que buscam economia de espaço e peso. É muito pequeno (cabe na palma da mão) e se acopla a um cartucho de gás butano de 190g ou mais. O cartucho de gás é leve, compacto e descartável. Por causa do tamanho, a autonomia é baixa (cerca de 5h de fogo contínuo). A vantagem desse modelo é que ele pode ser colocado ou removido do botijão a qualquer momento e quantas vezes for necessário. Também existem modelos maiores, de duas bocas, mais estáveis (maiores e mais pesados também) e também modelos multi-fuel, que funcionam com gasolina ou benzina, alguns modelos até a querosene. Esse tipo exige um bombeamento manual para pressurizar o combustível e assim produzir a chama.

DICA 1: Ao cozinhar, a panela fechada acelera o aquecimento dos alimentos. Lembre-se disso.

DICA 2: Com uma peneira dentro da panela, sem tocar a água, é possível cozinhar legumes no vapor enquanto se faz o arroz, por exemplo.

1.45947_eILUMINAÇÃO: Iluminação em campings diz respeito principalmente ás práticas lanternas de cabeça. Apesar de existirem até pequenos lampiões à pilha que algumas pessoas gostam de usar. Na barraca, as headlamps (lanternas de cabeça) podem ser penduradas no teto, no caso da necessidade de uma luz. A grande vantagem é ficar com as mãos livres durante o uso, e para onde você olhar, estará iluminado. Alguns modelos possuem regulagem de foco, resistência a água e uma autonomia sensacional (a iluminação com LED permite que algumas durem mais de 70h ligadas). Lembre-se sempre de levar pilhas reserva

DICA 1: Não guarde a lanterna com as pilhas dentro, por conta do risco de vazamento.

Mochila Deuter Pace 20 Preta-OUT7011010-1

MOCHILA: Ao comprar, observe o ajuste das alças, barrigueira, costado, acabamento, distribuição da carga, etc. Também é importante levar em conta o estilo e duração da viagem para a mochila não ficar sobrando nem faltando espaço. Mochilas muito grandes normalmente levam as pessoas a carregar mais coisas do que o necessário, aumentando o peso. O ideal é peso da mochila não exceder 15% do peso de quem a carrega. As mochilas “de ataque” normalmente são pequenas, usadas em atividades que exigem mais esforço e carregam a carga mais necessária, como água, alimento e alguns pertences. Já as mochilas cargueiras são bem grandes, normalmente mais de 40L e tem capacidade de carga para vários dias de atividades, podem levar barraca, saco de dormir, roupas, alimento, etc.

DICA 1: Mochilas cargueiras normalmente tem uma abertura inferior. É muito útil no caso de precisar pegar algo no fundo da mochila.

DICA 2: Prefira mochilas cargueiras com estruturas rígidas no costado. Sua coluna vai agradecer !

DICA 3: Ao comprar uma mochila, pouca gente presta atenção no peso dela vazia. Esse peso também faz muita diferença !

isolante-termico-nautika-180m-x-50cm-camping-exercicios_MLB-F-207839463_3486ISOLANTE TÉRMICO: Usados, principalmente por quem viaja para locais frios. Sacos de dormir por melhores que sejam, não isolam totalmente o frio do solo. Colchões infláveis também não dão conta do recado. Existem 2 tipos de isolantes, um fabricado de EVA, material que isola o corpo do frio do solo. Pesa muito pouco e tem um laminado de alumínio revestindo um dos lados. O outro tipo é inflável, mais caro, alguns são auto-infláveis, e estes modelos quando vazios, ocupam menor espaço. Isolantes servem ainda para corrigir imperfeições do solo, dando conforto ao deitar com um saco de dormir.

DICA 1: Na falta de um isolante térmico, pode se utilizar papelões ou jornais sob o colchonete para amenizar o frio do solo.

DICA 2: Colchões infláveis durante o frio absorvem muito frio do chão. Mesmo sendo grosso, é aconselhável utilizar um isolamento sob ele.

barracas_discoveryl

BARRACA: Essa será a sua casa durante o camping. A escolha da barraca depende de uma série de fatores, tais como: Frequência e local com a qual você irá acampar, número de pessoas, acampar a pé ou de carro. Se você vai acampar sozinho, uma barraca pequena para 1 ou 2 pessoas basta. Não fique querendo uma “mansão” de 4 lugares ou mais ! Outro fator a se considerar é o peso da barraca. Se você vai acampar de carro, isso não importa. Porém, se fizer como os aventureiros, em uma boa parte do percurso carregará a barraca nas mãos ou nas costas, então peso é um fator crucial. Uma barraca individual deve pesar no máximo 2,5kg. Para duas pessoas, até 5kg, e vocês devem dividir o peso. O lugar onde você vai acampar também é importante levar em conta. Você vai para o Nepal ou para Ubatuba? Cada lugar tem a sua particularidade e não adianta comprar uma barraca qualquer.

DICA 1: Barracas grandes e altas são mais suscetíveis ao vento, então tome cuidado. Tente montá-la em um local protegido.

DICA 2: Não coloque lona sob a barraca para “proteger o piso” da barraca. Isso fará a água empoçar sob a barraca em caso de chuva. O piso da sua barraca foi feito para ficar em contato com o solo !

DICA 3: Prenda todos os pontos possíveis da barraca com espeques (ferrinhos que fincam no chão) e cordas. No caso de chuva ou vento fará toda a diferença

saco-de-dormirSACO DE DORMIR: É importantíssimo ao aventureiro, e ao comprar devemos levar alguns aspectos em considerações. A primeira coisa que você deve prestar atenção é a temperatura indicada no saco de dormir. O melhor a fazer é escolher um saco de dormir que suporte 5 graus abaixo da temperatura do lugar. Verifique também o tamanho, os zipers, o peso e o lado de abertura. O formato mais eficiente é o ”sarcófago” que é largo na altura dos ombros e afunilado nos pés. Esse modelo é o mais recomendável para lugares frios, não deixa espaços com ar frio e o seu formato evita a troca de calor entre ambientes interno e externo.

DICA 1: A maioria dos modelos de sacos de dormir tem as opções L (Left/Esquerdo) e R (Right/Direito), que é o lado onde fica o zíper de abertura. Se você tiver sacos de dormir com zíperes de lados opostos, é possível junta-los e fazer um “saco de dormir para casal”.

MAIS DICAS:

PERNILONGO E OUTROS INSETOS: O horário em que eles mais atacam é ao entardecer (das 18 às 20hs), principalmente próximo à rios, lagos e alagados, e ainda mais durante o verão. Um bom repelente é o da marca Exposis (embalagem preta, em spray). É caro, mas muito eficiente. Roupas claras também ajudam a evitá-los. Nesse horário também é bom evitar fontes de luz, que ajudam a atrair os bichos. Outro detalhe importante é manter as proximidades da barraca limpa (lixo ensacado e fechado, de preferência em um local alto, para não atrair outros animais além dos insetos)

IMPERMEABILIDADE DA BARRACA: Antes de comprar sua barraca, pesquise com o fabricante sobre a coluna d’água que ela suporta. É representada em milímetros, e, para acampar no Brasil, por exemplo, é aconselhado que a barraca suporte pelo menos 1000mm de coluna d’água. Se tiver menos que 800mm, o melhor é colocar uma lona por cima da barraca para garantir que você não acorde encharcado no meio da noite.

IMPERMEABILIZAÇÃO DE COSTURAS: A maioria das barracas já vem com as costuras impermeabilizadas, ou “seladas”. Se você observar alguns “furinhos” na costura de sua barraca, ou aparecerem goteira nela, é possível aplicar um produto para selar as costuras e pequenos furos, esse produto é encontrado em lojas de camping e pesca. Ao acampar, vale a pena levar um pedaço de silver tape para casos de emergência.

QUANDO FIZER MUITO FRIO: Vale a pena aquecer uma pedra (não tão grande nem muito pequena) ou encher uma garrafa PET de água quente e colocar dentro do saco de dormir para aquecer. E não se esqueça do isolante térmico!

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

2 comentários sobre “DICAS DE CAMPING 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s