MARATAÍZES, GUARAPARI E VITÓRIA/ES – AGO/2017

Bem-vindos ao segundo post do Revolteio Brasil 2017! Litoral do Espírito Santo!

Dia 7 de agosto. Dormimos a noite anterior no carro, em um posto de gasolina (confira o post anterior). Acordamos, tomamos café no carro e seguimos viagem. Percebemos que tínhamos ficado com a chave do quarto do hotel que nos hospedamos em Itatiaia. Ok, passamos em uma pequena agência de correios e enviamos. Entramos no Espírito Santo. Já paramos em algumas praias legais pra fotografar.

IMG_3904
Praias no sul do Espírito Santo

Paramos na Praia das Falésias, entramos na praia, e também em um mirante, em cima das falésias.

IMG_3908
Praia das Falésias
IMG_3910
Show!

Também paramos na maravilhosa e famosa Lagoa do Siri. A poucos metros do mar, a lagoa com com de Coca-Cola, é cercada de coqueiros e bares. O reflexo do céu deixa a lagoa com tons vermelhos e azuis-escuros. Sensacional! Ficamos ali um bom tempo admirando e tirando fotos!

IMG_3916
Lagoa do Siri
IMG_3917
Cheia de bares, e pertinho do mar!

Chegamos então na cidade de Marataízes. Passeamos um pouco pelas praias da cidade, que são lindas, e vimos também a igreja Nossa Senhora dos Navegantes, pertinho do mar! Almoçamos de frente para o mar!

IMG_3964
Uma das lindas praias de Marataízes
IMG_3925
Igreja N. Sra. dos Navegantes
IMG_3923
Nosso restaurante, de frente para o mar

Passamos também pela cidade de Anchieta, onde visitamos o Santuário Nacional São José de Anchieta, que conta com a igreja, museu, e todo o entorno histórico ligado aos jesuítas.

IMG_3952
Santuário São José de Anchieta
IMG_3953
Interior

Continuamos na estrada, paramos em uma praia deserta, almoçamos no carro. Seguimos, e chegamos à tarde em Guarapari. Fomos então para a Pousada e Camping Porto Grande.

IMG_4069
Uma parte da área de camping

Chegando lá, fomos super bem recebidos pela proprietária Cláudia, que já foi nos mostrando todo o camping, instalações, os chalés, árvores, e uma infinidade de animais. Cachorros, cabras, galinhas, coelhos, etc. Muito legal, tipo um mini zoológico!

IMG_4071
Onde ficamos…
IMG_4074
… e nossa amiga : )
IMG_4073
Chalés

O camping é bem espaçoso, conta com cozinha de apoio completa, banheiros, muita área sombreada. Outro atrativo muito legal é a Lagoa Maimbá, a segunda maior do estado! passa atrás do camping, e é possível alugar caiaques para fazer um passeio pela lagoa!

IMG_3963
Lagoa Maimbá

Conversamos bastante com ela e brincamos bastante com os cachorros, Montamos a barraca, jantamos e fomos dormir.

IMG_4068
Nossa barraca
IMG_3957
Risoto de champignon e tomate seco. No camping!

No dia seguinte, acordamos cedo (pra variar), pegamos o carro, e fomos conhecer a cidade. Visitamos a Praia de Meaípe, a 3 quadras do camping, com muitos bares e restaurantes. Praia muito bonita, com várias castanheiras na areia, bem sombreada e a água bem verdinha!

IMG_3939
Praia de Meaípe!

Conhecemos também a famosa Praia do Meio e a Praia da Areia Preta. Principalmente essa última, contém um tipo de areia radioativa, que quando passada na pele, cura uma série de enfermidades, entre elas o reumatismo. Visitamos também o Radium Hotel. Um dos mais conhecidos pontos turísticos da cidade, foi inaugurado na década de 50, e recebeu diversas celebridades, como Elza Soares, o jogador Garrincha e até o presidente na época, João Goulart. A maioria das pessoas que lá se hospedavam tinham como objetivo o tratamento nas areias radioativas das praias de Guarapari. Quem nos apresentou o hotel e contou sua história foi a atenciosa Profª Ângela, que trabalha como guia no local.

IMG_4003
Praia do Meio
IMG_3979
Areia Monazítica
IMG_3996
Radium Hotel
IMG_3997
Interior do hotel, com fotos

 

Vimos mais algumas praias, todas muito bonitas! Também passamos pelo Poço da Fonte, onde os jesuítas coletavam água doce, e já à tarde fomos visitar o Parque Municipal Morro da Pescaria, onde é cobrada um pequeno valor para entrar, e tem muitas trilhas, praias, mata bem preservada, enfim, um passeio muito bom para quem visita a cidade (confira o vídeo em nosso canal). Fica dentro da cidade (no final da Praia do Morro, a maior de Guarapari) – fizemos a trilha toda, tiramos muitas fotos, e ainda recebemos várias dicas do guarda-parques Ricardo, muito gente boa.

IMG_4007
Poço da Fonte
IMG_4009
Entrada do parque
IMG_4015
Guarapari vista das trilhas do parque
IMG_4042
Uma das praias

 

Antes de voltar para o camping, ainda passamos em uma casa de pescador e compramos 2 peroás, peixe muito famoso por lá. Voltamos pro camping, preparamos o peixe (delicioso, por sinal), e fomos dormir sob uma lua cheia sensacional! No dia seguinte, acordamos, tomamos café da manhã, e fomos remar na Lagoa Maimbá, atrás do camping. Saímos em meio ao junco, a lagoa tem águas bem calmas. Logo saímos no meio da lagoa, aí pudemos ter uma ideia do tamanho dela! Paisagens lindas, e um silêncio, só escutávamos o canto dos pássaros! Muito bom! (Assista o vídeo em nosso canal do Youtube).

Depois de umas 2h voltamos ao camping, desmontamos tudo e nos despedimos da Cláudia. Ainda passamos no Mercado de Peixe, compramos um baiacu. Deixamos na geladeirinha do carro e seguimos viagem. Saindo de Guarapari, chegamos ao Parque Estadual Paulo César Vinha. Entrada gratuita, muito bem organizado e interessante. Já fomos orientados sobre as trilhas na entrada do parque. Fizemos uma trilha pela mata de restinga (tudo muito bem sinalizado), passando pela praia e muitas pedras, até chegarmos à Lagoa Caraís (conhecida como “Lagoa da Coca-Cola” pela cor da água), um dos principais atrativos do parque.

A lagoa fica a poucos metros do mar, e tem a água escura por conta da decomposição das folhas e vegetais, mas é limpíssima. Também nos arredores tem muitas pedras, que rendem fotos maravilhosas. Também continuamos a trilha até um mirante para essa lagoa, e voltamos para o centro de visitantes. Lá mesmo, no carro, preparamos o peixe e almoçamos. Muito bom. Também temos um vídeo no Youtube sobre o parque.

20818993_519176635090856_393666348027718527_o.jpg
Lagoa Caraís (ou “Lagoa da Coca-Cola”)

Seguimos para Vila Velha, onde fizemos o check-in no Hotel Santorini, na praia de Itaparica. O hotel bom, ficamos em um quarto duplo, conta com frigobar, ar condicionado e demais comodidades. Descarregamos nossas coisas e descansamos um pouco.

IMG_4294
Hotel Santorini
IMG_4203
Nosso quarto

Fomos para Vitória, praticamente junta com Vila Velha. Andamos um pouco de carro por lá, e subimos até o famoso Convento Nossa Senhora da Penha, um dos principais atrativos turísticos da capital capixaba.

 

IMG_4248
Convento Nossa Senhora da Penha

Fomos de carro até onde pudemos ir (rs), estacionamos, e começamos a longa subida pelas escadarias. O convento é muito legal, pois foi construído em um enorme morro de pedra, o que o torna único! O mosteiro em si é muito bonito, e também a parte interna vale muita fotos. Mas talvez o principal atrativo seja a vista da baía de Vitória e Vila Velha. Sensacional, vale muito a pena subir, o visual é incrível!

IMG_4212
Muito interessante
IMG_4217
O altar da capela
IMG_4249
E  vista de Vitória – maravilhoso!
IMG_4227
Show!

Descemos, e fomos de carro até o Morro do Moreno, que fica entre Vitória e Vila Velha. Deixamos o carro, e seguimos uma trilha a pé. Vimos muitas pessoas subindo e descendo o morro. Ouvimos que o pôr-do-sol lá de cima era lindo. Após uma meia hora de subida, chegamos no topo e confirmamos: O pôr-do-sol de lá é maravilhoso! É possível ver Vitória toda iluminada! Muito bonito! (também temos o vídeo em nosso canal). Descemos quase à noite, voltamos ao hotel, banho, e um merecido descanso!

IMG_4273
Subindo o Morro do Moreno
IMG_4259
Pôr-do-sol em Vitória!

Acordamos, tomamos um ótimo café da manhã no hotel, fizemos o check-out e fomos conhecer a cidade. Passamos pela frente do Porto, tirei algumas fotos. Também passamos pela Igreja do Rosário, no final de uma pequena escadaria. A igreja estava fechada, mas rendeu algumas fotos legais da fachada.

IMG_4291
Café da manhã no hotel
IMG_4295
Porto de Vitória

 

Passamos também pelo Mercado Capixaba de Artesanato. Interessante, mas nota-se que falta investimento. O artesanato em si é muito legal, mas as instalações do mercado deixam a desejar.

IMG_4301
Mercado de Artesanatos
IMG_4303

 

Aliás, no geral, achamos o centro histórico de Vitória meio abandonado. Muitos prédios antigos pichados, placas informativas quebradas e apagadas, e muita sujeita. Muita coisa que precisa ser cuidada.

Bom, mas vamos falar dos lugares legais. Um dos lugares que compensa a visita é o Sesc Glória, um dos prédios mais bem conservados e que mais chama a atenção no centro histórico. Entramos para conhecer. Bom, como toda unidade Sesc, a organização, limpeza e informação são excelentes. Com biblioteca, cinema, etc. E janelas com uma vista muito bonita da cidade. Vale a pena conhecer.

IMG_4312
Sesc Glória
IMG_4318
Vista do centro

Também gostamos da Catedral Metropolitana, bem cuidada. Enorme, outro lugar legal para conhecer no centro da capital capixaba. Andamos mais um pouco por lá, vimos a Escadaria de São Diogo. Interessante, mas um pouco suja e abandonada.

IMG_4319
Catedral Metropolitana
IMG_4327
Interior

Saímos do centro histórico, rodamos um pouco pela cidade (nos perdemos um pouco, rs) e fomos conhecer as Paneleiras de Goiabeiras. São as mulheres que fazem artesanalmente as famosas panelas de barro capixabas – para fazer a famosa moqueca, e outros pratos. Goiabeiras é o nome do bairro onde elas trabalham.

IMG_4331
Galpão das paneleiras

O local é uma espécie de barracão, com várias bancas, onde elas trabalham, modelando as panelas dos mais diferentes tamanhos e formatos. Lá fora, ao redor de uma enorme fogueira, outras pessoas trabalham na queima das panelas. Algumas mulheres trabalham salpicando as panelas com uma tinta extraída da casca das árvores do mangue (tanino). Elas fazem o processo de tingimento-queima inúmeras vezes, até que as panelas fiquem pretas e prontas para o uso. Um processo antigo e muito interessante. (veja o processo nesse vídeo)

IMG_4333
Panelas prontas e algumas secando
IMG_4335
Mais panelas de barro
IMG_4349
Local onde as panelas são tingidas e queimadas
IMG_4343
Paneleira tingindo as panelas

 

Saímos de lá no meio da tarde, e seguimos viagem. Passamos por Linhares (vimos o Rio Doce, onde passou toda a lama derramada em Mariana), também passamos por São Mateus, ainda no Espírito Santo. Já no começo da noite, entramos na Bahia! Paramos em uma Unidade de Atendimento ao Usuário da BR-101. Penamos um pouco para convencer os funcionários a nos deixar passar a noite lá, mas no fim das contas, conseguimos. Jantamos e dormimos no carro. Continua no próximo post!

IMG_4353
Nosso “hotel” nessa noite

Nota: A hospedagem do Blog Revolteio no Hotel Santorini e também na Pousada e Camping Porto Grande foram cortesias. Todo o texto e fotografias representam livre expressão sobre as hospedagens e passeios.

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

eeee

Um comentário sobre “MARATAÍZES, GUARAPARI E VITÓRIA/ES – AGO/2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s