INTERIOR DE SP – TAPIRAÍ

Mais belezas do nosso querido estado de São Paulo no Revolteio!

Nos finais de tarde depois do trabalho na cidade Tapiraí, aproveitamos para conhecer as maravilhas que esse pedaço do Vale do Ribeira esconde.

WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.04.10
Bora desbravar essa Mata Atlântica!

Primeira tarde, saímos da cidade e pegamos uma estradinha de terra para conhecer a Cachoeira do Alecrim. No caminho, passamos em frente uma linda igreja. A cachoeira tem acesso gratuito e fácil. É possível avistá-la do lado esquerdo da estrada de terra que segue pelo bairro rural chamado Alecrim.

WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.04.07 (1)
Igreja
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.04.09 (1)
Cachoeira vista da estrada
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.04.08 (1)
Cachoeira do Alecrim

No dia seguinte, tempo meio feio e nublado (como todos que estivemos lá, rs), pegamos o Mambo na casa em que estávamos hospedados e seguimos a estrada asfaltada pela serra, que liga Tapiraí a Juquiá, e avistamos uma placa do lado direito indicando a famosa Cachoeira do Chá. Já havíamos visto essa placa algumas vezes ao passar pela estrada em outras viagens, mas nunca tivemos tempo de parar ali.

Após alguns quilômetros de terra, chegamos a um belo portal vermelho estilo japonês (chama-se Torii). Paramos a Jubiraca e entramos na trilha fechada em meio à Mata Atlântica (entrada gratuita). Andamos por cerca de meia hora, sempre avistando o rio lá embaixo e muita natureza e mata fechada à nossa volta!

WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.04.06
Portal (Torii)
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.04.03
Trilha na mata
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.04.04
E o riozinho, sempre ao lado

A vários metros já ouvíamos o barulho da enorme cachoeira. E quando demos de cara com ela no final da trilha, ficamos surpresos com a altura dela e a força da água!

WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.03.07 (1)
Cachoeira do Chá
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.03.05
Olha a foto, Mambo!

Realmente, a cachoeira é muito mais do que havíamos ouvimos falar! Maravilhosa! Além da belíssima mata ao redor, a água é muito limpa e a queda d’água muito alta! Ficamos ali admirando  ela até começar a escurecer. Voltamos pra Jubis, e casa!

No último dia, à tardezinha, fomos conhecer a Cachoeira do Limoeiro. Entrada gratuita, paramos com o carro na estrada de terra e seguimos uma trilha bem demarcada. Atravessamos uma ponte pênsil e descemos mais um pouco beirando o rio. Chegamos na queda, que, apesar de baixa, forma uma bela prainha para banho e uma bela paisagem.

WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.03.03 (1)
Ponte
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.03.02
Cachoeira do Limoeiro

Voltamos para o carro e seguimos então ao Santuário Budista. Seguimos por uma estrada de terra, e após algumas placas e indicações, chegamos ao local, que estava vazio. Muito bonito, abriga um belo lago rodeado por cerejeiras (que na ocasião estavam floridas!), e uma grande torre em frente ao lago com um enorme Sino da Paz. O local é sede de vários encontros e eventos budistas. Curiosidade: No batedor do sino estão dois lingotes de cobre feitos com moedas de mais de 100 países fundidas, representando a união e a paz entre as nações. Outra curiosidade: No mundo há apenas 2 Sinos da Paz homologados pela prefeitura de Hiroshima, no Japão: Um está em Hiroshima, e o outro em Tapiraí!

WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.02.01 (1)
Cerejeiras floridas e o Mambo passeando
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.02.02 (3)
O lago e a torre do sino
WhatsApp Image 2019-09-01 at 14.02.58
Sino da Paz

.

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s