ILHA DO MEL/PR – ABR/2011

 Resolvemos aproveitar o feriado de páscoa para conhecer a famosa Ilha do Mel, no Paraná. Há muito tempo atrás – coisa de uns 20 anos – eu já havia ido com a minha família, mas não sabia que estava tão diferente da primeira vez que eu fui. Bom, saímos de Botucatu: Eu, a Michelle, a mãe, a irmã dela e os respectivos namorados. Era bem cedo, coisa de 5 horas da manhã. Viajamos quase o dia todo, e pegamos umas serras intermináveis no Paraná; apesar dos desencontros e paradas pelo caminho, chegamos todos vivos e sadios em Paranaguá. Pagamos cerca de R$30 cada um para atravessar de escuna até a ilha. Descemos e fomos até o camping Mel da Ilha, que já havíamos reservado, e o preço do camping foi coisa de R$20 por pessoa. Aliás a pousada funciona junto ao camping. O camping  tem sombra, banheiros limpos e cozinha – com geladeira, fogão e utensílios. Tudo limpo e bem organizado. Nessa data estreei minha barraca nova, uma Manaslu Discovery Light – aliás, muito boa. Recomendo.

Confira nossas Dicas de Camping clicando AQUI!

 

Estréia da barraca nova – Manaslu (a de cor laranja, rs)

Saímos para uma voltinha, e no caminho para a praia vimos que a civilização já chegou na ilha há muito tempo. Para os “dependentes” das mordomias urbanas, é muito bom – tem tudo, desde mercado até Lan House, passando por farmácia, bares, etc. Principalmente no bairro de Encantadas tem tudo, parece uma cidade, exceto pelos carros – e asfalto – que não entram na ilha. Como já estava um pouco tarde, não conseguimos aproveitar muito o resto dia. Na manhã seguinte acordamos cedo e saímos para uma caminhada. As trilhas são bem cuidadas e sinalizadas – fomos até a praia de Encantadas e conhecemos a Gruta das Encantadas. 

 

Praia e Gruta das Encantadas

Andamos pelas trilhas, praias e pedras até o Farol, que tem uma escadaria bem longa até lá e uma vista incrível!

 

Caminho para o Farol

Farol

Lá na base do Farol tinha muita gente. Todo mundo louco, fotografando. Descemos aquela escadaria toda e rumamos para a Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres. Atravessamos o trecho onde a ilha é mais estreita – e o mar quase divide ela em duas partes. Passamos pelo bairro Nova Brasília, onde tem pousadas melhores (e mais caras), casas enormes, e em menor quantidade. A trilha é sombreada e a vegetação é alta nessa parte do caminho. Enfim, chegamos à fortaleza, que é muito bonita. Tem muitos canhões, virados para o mar. No local há vários painéis sobre a história do patrimônio.

 

Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres

Canhões da Fortaleza

Conhecemos toda a fortaleza (entrada gratuita), e seus diversos ambientes. Como estava todo mundo cansado, o pessoal voltou para Encantadas de barco (que é possível contratar em frente à Fortaleza) – exceto eu e a Mi. Nós dois subimos até o topo de um morro atrás da Fortaleza, bem íngrime. Lá em cima tem mais alguns canhões (bem maiores) e talvez a melhor vista da ilha.

 

Canhões sobre o Morro da Fortaleza

  

Vista do morro

Voltamos a pé pelas trilhas da ilha – e pegamos um temporal absurdo ! Chegamos no camping ensopados e vimos como a barraca é boa ! Não entrou uma gota de água ! À noite fomos todos para um barzinho na praia e jantamos. Ah, sim, e vale uma dica: Ao lado do camping tem um boteco que se chama Toca Raul (sim, toca Raul Seixas incessantemente, 24 horas por dia) e tem uma bebida misteriosa chamada Meleka – famosa na ilha. O pessoal tomou um monte dessa coisa e quase passou mal. No dia seguinte acordamos cedo, e tomamos o rumo. Voltamos a Paranaguá com a escuna – tomamos muita chuva no caminho – e pegamos a estrada de volta. Voltamos por Morretes-PR, e pegamos a Serra da Graciosa, que é um lugar muito bonito também. Em Morretes comemos o famoso Barreado – um prato típico do local.

 

Comércio em Morretes

Serra da Graciosa

Aliás, Morretes já foi escolhido como destino para outras viagens do Revolteio. Conclusão – A Ilha do Mel é muito legal, mas escolha bem a época de ir (se possível evite feriados) e o local que for ficar.

Confira outros destinos maravilhosos no Paraná!

 

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s