SÃO MIGUEL ARCANJO E ICAPARA/SP – JAN/2012

No começo de 2012, aproveitamos minhas férias coletivas e fomos para Icapara, um bairro da cidade de Iguape para passar uma semana na casa da minha tia. Dessa vez, um Revolteio com as bicicletas na bagagem. Não praticamos esportes, mas às vezes gostamos de uma trilhazinha ou uma pedalada. Dessa vez, não fomos pelo caminho de costume (Sorocaba), e sim por São Miguel Arcanjo, e descemos até o Vale do Ribeira pelo Parque Estadual Carlos Botelho.

Chegamos em São Miguel Arcanjo à tardezinha, mas não entramos na cidade. Paramos em uma propriedade que produz uvas (como várias de lá) na estrada a caminho do parque, que tem área de camping. Para a nossa sorte, as uvas estavam maduras, e tiramos proveito da estadia no local. A área de camping fica bem ao lado da plantação. Apesar de ser janeiro, a noite estava bem fria e com muito vento.

Entrada do camping

 

 Área de camping e banheiros

 

Parreiras

 

Café da Manhã

 

Acordamos cedo e fomos ao Parque Estadual Carlos Botelho. Pegamos umas informações na portaria com o guarda-parque, (entrada é gratuita) e seguimos viagem. A estrada do parque leva de São Miguel Arcanjo a Sete Barras (já no Vale do Ribeira), é de terra, mas em sua maior parte, bem conservada. Em um dado momento, paramos e fizemos a Trilha do Rio Taquaral, em meio à Mata Atlântica. A trilha é leve e tem 3km de extensão, bem sinalizada e não necessita acompanhamento de guia.

 

 

Uno com as bikes – Início da trilha

Caminho em meio à mata

 

 Trilha ao lado do Rio Taquaral

 

Voltamos da trilha e continuamos a viagem. A estrada do parque é muito bonita, é possível ver muitos animais e a Mata Atlântica ainda preservada. Em alguns locais há bicas e corredeiras de rios. Paramos mais algumas vezes para e observar a natureza e tirar fotos. 

 

Riachos ao lado da estrada

 

Bananais Intermináveis: Bem vindo ao vale do Ribeira !

 

Chegamos ao Vale do Ribeira, a região mais pobre do Estado de São Paulo, mas onde a natureza está mais preservada (apesar dos bananais, rs). passamos pela cidade de Sete Barras, e fomos em direção a Eldorado, também no vale. Chegamos na cidade e fomos conhecer a Caverna do Diabo, o maior atrativo do local. A entrada custava R$12 por pessoa, e os guias esperam juntar grupos de 10 pessoas. A caverna é bem interessante e bonita, mas na minha opinião perde um pouco do encanto pelo fato de ter passarelas e escadas. Mas, mesmo assim é um passeio que vale muito a pena conhecer. Tem várias formações (estalactites, estalagmites, colunas, cortinas…), e é a maior caverna do estado (é claro que a visitação turística não percorre toda a extensão). O parque onde a caverna está localizada é bem organizado, tem estacionamento, restaurante e um centro de informações.

Veja tudo sobre cavernas em nosso post Especial – Mundo Subterrâneo

 

 Entrada da cidade de Eldorado

 

 Entrada da Caverna do Diabo

 

 

Estalactites (em cima)

 Estalagmites (em baixo)


Fomos então até a cidade de Iguape, uma cidade que vale muito a pena conhecer. Além de ser litorânea, tem um centro histórico muito bonito, com inúmeras casas antiga e a Igreja do Senhor Bom Jesus de Iguape, que já vale a visita à cidade. Também há a Casa da Cultura, uma casa de artesanato dos locais, onde se encontram produtos regionais. Conhecemos também o Cristo Redentor, que fica em um morro muito alto, com vista para toda a cidade de Iguape. 

 

 Cidade de Iguape

 

Santuário Bom Jesus de Iguape

Centro histórico

 Vista do Cristo Redentor


Visitamos o  também a Fonte do Senhor, que é uma espécie de jardim localizado na encosta do Morro do Espia (Mata Atlântica). Lá tem um lago, fonte, caminhos bem arborizados e um coreto.

 

 Fonte do Senhor

Ainda próximo, tem a Ilha Comprida, com 70km de praias (a maior parte deserta) e também dunas. Atualmente, paga-se cerca de R$5 por veículo para atravessar a ponte que liga Iguape até a ilha. À pé ou de bicicleta não paga. 

Ponte de acesso à ilha

 Dunas da Ilha


Ficamos hospedados na casa da minha tia, que sempre nos recebe muito bem.  A casa fica no bairro de Icapara, que fica próximo ao mar, espalhado pela Mata Atlântica. O bairro é tranquilo e a maioria dos moradores são pescadores. Lá em Icapara tem a Praia do Leste, que atualmente já não é mais praia, que, por conta das mudanças climáticas e avanços da maré, a água vem derrubando as barrancas e casas e obrigando os moradores a saírem de perto do mar.

 

Estradinhas do bairro Icapara

 

Praia do Leste há uns 10 anos

Praia do Leste atualmente

Outro atrativo desse bairro é o Farol, que fica no alto de um morro. Lá de cima é possível ver toda o bairro, a mata, e até parte da Ilha Comprida. 

Confira mais atrativos do litoral sul AQUI.

 Vista de cima do Farol


No dia seguinte, acordamos cedo, pegamos as bikes e fomos à Juréia, outro bairro de Iguape. Um pouco maior do que Icapara, e também à beira do mar, é preciso pegar uma balsa para chegar. Saindo da Juréia e percorrendo cerca de 10km de praias desertas, chega-se então ao Costão da Juréia, um morro bem alto de Mata Atlântica onde a praia acaba. Lá tem um bar com camping e uma trilha pela mata. OBS: Antes de sair da Juréia em direção ao costão, pergunte aos pescadores o horário das marés, pois não dá para passar de carro nas praias com a maré alta. Também fique atento à areia para que o carro não encalhe.

Saiba como tirar o carro da areia em nosso Guia de Perrengues!

 Balsa com as bikes

 

A caminho do Costão

 

 Costão da Juréia

Carro encalhado – E o mar chegando… 

 

Ah, sim, e ali perto está o PETAR (Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira) – Com muitas cavernas! Confira AQUI os atrativos da região!

 

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

 

Um comentário sobre “SÃO MIGUEL ARCANJO E ICAPARA/SP – JAN/2012

  1. Show!!! Precisa vir novamente a São Miguel Arcanjo e conhecer os muitos pontos Turísticos aqui, e um detalhe bem legal a estrada que liga o Parque Carlos Botelho até Sete barras já não é mais de terra, foi transformada em “Estrada Parque” com calçamento de lajotas intertravadas, outro detalhe importante também é que possui horário de funcionamento para sua travessia nos dois sentidos é das 06:00 as 20:00

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s