ILHA DO CARDOSO/SP – ABR/2010

Feriado de páscoa, Revolteio saindo beeeem tarde de Bauru, depois da minha aula, umas 23hs (loucura) rumo à Cananéia. Ainda passamos em Botucatu, atrasamos mais um pouco. Putz, nunca passei tanto sono no volante. Café, chiclete, coca-cola, som alto, janela aberta. A Serra da Macaca foi interminável. Finalmente, chegamos em Iguape às 6hs. Dormimos no carro durante umas 2 horas em frente a um posto de gasolina. Fomos para Cananéia e deixamos o carro em um “estacionamento”, com um “guarda”. Ah, um detalhe: Perguntei a um cara antes de pegar a escuna se tinha caixa eletrônico na ilha, ele disse que sim. Beleza, fui com um pouco de dinheiro e o resto eu tirava na Ilha do Cardoso. Pronto, pegamos a escuna. Duas horas e meia até a ilha, que não é nenhum sacrifício, vimos golfinhos e paisagens muito bonitas pelo percurso.

Trajeto de escuna


Chegamos na ilha, receberam o pessoal do barco tocando reggae. Legal a recepção ! A vila que ficamos é a Marujá, a maior da ilha e com mais estrutura para turismo. Vimos preços de pousada (não levamos barraca), e percebi da pior forma que quando me disseram em Cananéia sobre ter caixa eletrônico na ilha, a ilha era Cananéia, e não a Ilha do Cardoso, como eu tinha entendido. (Veja nosso Guia de Perrengues para evitar esse tipo de problema). Felizmente, a Mi tinha um dinheiro e juntando com o meu deu para ficar em uma pousada (Pousada do Sr. Ezequiel). Aliás, por um preço bem acessível – se não me engano R$30 o casal/diária, fomos muito bem recebidos. Lá tem chuveiros aquecidos a gás, gerador de energia das 19 às 22h, quartos limpos e café da manhã digno. Ah, observações importantes: Na Ilha do Cardoso não tem carro nem energia elétrica, não pega celular e só tem um telefone público que só pega de vez em quando. Saímos para andar na praia, e atravessamos o costão até a Praia da Lage. As praias são desertas e muito limpas. Dá para andar quilômetros sem ver um ser humano !

 

Caminho para a Praia da Lage

Praia da Lage

Na ilha tem muitos campings e pousadas. Tudo simples e com preços acessíveis. Quem for para lá não pode deixar de provar a Cataia, uma pinga com umas folhas, que fica com cor de uísque (aliás, é apelidada de “uísque caiçara”), muito boa. 

Pinga com Cataia: O Uísque Caiçara

E também os “pratos feitos” à base de peixe ou camarão, para quem não tem grana é barato e bom! Mais dicas: Lá tem um bar que toca reggae o dia e a noite toda, e o dono é uma figura, vale a pena conferir !

Barzinho ao estilo da ilha

Pouco tempo depois, voltamos para a ilha, com um casal de amigos. Confira o post AQUI

SIGA O REVOLTEIO NAS REDES SOCIAIS:

FACE       INSTA      PINTE      YouTube-icon-400x400

eeee

Um comentário sobre “ILHA DO CARDOSO/SP – ABR/2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s